Cinco maneiras de lamentar a redação do Enem

Esse fim de semana tivemos o Enem, o Exame Nacional do Ensino Médio. Aquele exame que testa se você aprendeu de verdade o que foi ensinado em três anos de colegial - nada entrega mais a idade do que falar "colegial" -, te dá pontos para universidades e te faz conhecer os outros 10 cidadãos do bairro que têm o mesmo nome que você. Uma das coisas que mais pesa na prova desde que o Enem é o Enem é a redação. Isso porque muita gente não sabe mais escrever além de 110 caracteres ou xem çer axyn. E trocar letras não faz ninguém entrar na faculdade. Além do mais, para a redação do Enem, é preciso pensar. Refletir sobre um tema. E se não for para copiar e colar o textão do facebook do amigo, fica difícil.


E o tema deste ano foi:





Então aqueles que ignoraram textão no Facebook da amiga tentando explicar o feminismo, mandam mulher para a pia e acham que o mundo gira em torno de seu órgão reprodutor não souberam muito bem o que fazer na hora. Na hora não souberam, mas claro que foram chorar na internet que é lugar quente sobre como a prova foi esquerdopata, comunista, racista, mimizenhista e os homens também sofrem né. Coitados dos homens. Por que falar da violência contra a mulher? E a violência contra os cachorros? As plantas? Os plânctons? Os unicórnios? Os pós em cima dos móveis atacados com espanadores? E os fantasmas?




A questão é que a redação era para pensar, refletir e filosofar sobre a violência contra a mulher na sociedade brasileira e essa vai ser a melhor forma de corte do Enem. Sabe pensar, passa. Vota no Feliciano, fica.



Mas o Cai Muita Chuva é um blog legal, sincero, honesto e tá aqui para sugerir para os pobres coitados que não souberam muito bem o que significa violência contra a mulher na sociedade brasileira - afinal, elas nem vão para guerra né - o que fazer e como sofrer agora que já passou o Enem e você muito provavelmente não conseguiu entrar na faculdade. Se você se identifica, chega mais e senta no bondinho da esperança.


5 MANEIRAS DE LAMENTAR E SOFRER SOBRE O TEMA DA REDAÇÃO DO ENEM

1) Chorando na pia



Você, que a sua vida toda mandou mulheres para a pia e não soube o que significa a violência contra elas, encaminhe-se para a pia mais próxima. Lá, muito provavelmente, vai estar molhado. Chore lá. Aproveite e lave umas louças. Não cai a mão.


2) Postando textão no facebook



Discurso de ódio desclassifica no Enem, mas no Facebook é divertido. Divertido porque a gente pode tirar um print e rir da sua desenvoltura depois. Vai lá pagar de rebelde na internet.

3) Em um pé de cebolinha



Você pode chorar em um pé de cebolinha para ver se rega e crescem mais cebolinhas, pode plantar um pé de cebolinha, caçar um pé de cebolinha, se enforcar em um pé de cebolinha ou tentar descobrir porque só o Cebolinha usa sapatos.

4) Vendo a unha do pé crescer


Você pode analisar todo o crescimento da unha do seu pé enquanto afoga as mágoas da maldade dessa prova.


5) Usando o google a seu favor



Você foi impossibilitado de buscar no google todas as suas teorias de como os homens sofrem mais do que as mulheres, como as mulheres são beneficiadas por terem nascido com um útero que você quer tomar conta e como é ridículo ela se aposentar mais cedo do que você sendo que nem faz mais a sua janta, certo? Aproveite agora e vá caçar na internet todas as suas teorias da conspiração para provar que sim, homem sofre, muito, nossa, demais, coitados dos homens.



Agora, se você ainda quer entrar em alguma faculdade, pode aproveitar a oportunidade e dar uma pesquisadinha no google, para finalmente entender a diferença que o feminismo faz na sua vida.



Afinal, já diria o Enem: machistas não passarão. Nem no vestibular.

... para comprar um pouco de vergonha na cara?

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Informações

Todas as imagens que aparecem no site são reproduções de outros sites e o Cai Muita Chuva não reivindica nenhum crédito para si, a não ser que especificado. Se você (ou sua empresa) possui os direitos de alguma imagem e não quer que ela apareça no Cai Muita Chuva entre em contato e ela será removida.

Atenção

Cai Muita Chuva é um site de entretenimento e humor. A reprodução do conteúdo do site é permitida, com os devidos créditos. Se tiver alguma dúvida entre em contato com caimuitachuva@gmail.com.

Por ser um blog de humor, as postagens contém ironia e sarcasmo. Não leve as piadas a sério.


Manifeste-se

Dúvidas, sugestões, reclamações, elogios, xingamentos, envios de virus ou informações, caimuitachuva@gmail.com
Blogger Template Papo De Garota